Sete Minutos Depois da Meia Noite

Sete Minutos Depois da Meia Noite

2017

"Velho demais para ser criança e jovem demais para ser um homem”. O garoto Conor tem muitos problemas na vida. Seu pai é muito ausente, a mãe sofre um câncer em fase terminal, a avó é uma megera, e ele é maltratado na escola pelos colegas. No entanto, todas as noites Conor têm o mesmo sonho, com uma gigantesca árvore que decide contar histórias para ele, em troca de escutar a história do garoto; E esta história terá que ser a verdade. Porém, as vivências com o monstro são muito mais influentes na vida de Conor do que ele pensa e, a verdade, pode ser mais dura do que toda a vida.

Entre seus encontros com a árvore e os acontecimentos, ele tem a possibilidade de elaborar seu luto, o que favorece a expressão de sua raiva e sua tristeza, sua culpa, seus medos. Suas emoções vão encontrando espaço para existir, a cada momento. Compreender que “nem sempre há um bonzinho. Nem sempre há um vilão. A maior parte das pessoas fica entre um e outro” e uma das frases daquele monstro, que se torna projeção dos seus próprios conflitos. “Histórias são coisas selvagens, disse o monstro. Quando você as deixa à solta, quem sabe os estragos que podem causar?”. É durante essa busca de “amarrar” as histórias, que Connor descobre: “Não há nada de errado em querer que a nossa dor acabe. Porque isso é a coisa mais humana que existe.” Um filme necessário, encantador, provocador e fantástico, que fala de dor, de perda, de medos, de buscas, de vida!

Faça Já Sua Inscrição

 

 

voltar
Fale Conosco

Tire dúvidas ou se cadastre para receber textos, vídeos e outros materiais gratuitos:

Como chegar

Avenida Cândido Pereira Lima, 900 Ribeirão Preto -São Paulo

Ou clique no link abaixo e veja a melhor rota no Google Maps para visitar o Instituto: